<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Patriarquices

O cardeal patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, negou hoje que a Igreja católica seja "demasiadamente masculina" e destacou "a maneira feminina de ser cristão, de rezar, de amar, de servir e de anunciar", na missa de encerramento do Congresso Internacional para a Nova Evangelização, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

O que é concretamente a “maneira feminina de ser cristão” ?

"Muitas (mulheres) lamentam que a Igreja seja demasiadamente masculina. Não é, de facto, e sê-lo-á cada vez menos na medida em que mais mulheres sejam santas e sejam capazes de abraçar o mundo num acto de amor", disse D. José Policarpo na homília.

Conclusão : Uma mulher para pertencer à Igreja tem que ser santa.

O cardeal patriarca destacou o "carisma feminino", que pode exercer um "papel decisivo na renovação da Igreja e da missão".

"carisma feminino" ? O único carisma estritamente feminino que conheço é este.
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

10:42 PM

Excelente post e excelente conclusão!

É precisamente essa a minha opinião:

http://rprecision.blogspot.com/2005/06/mulher-catlica_26.html    



12:01 AM

Obrigado pelo comentário.

Eu sei qual é o post a que se refere, até porque na altura fiz também um sobre ele.    



5:47 AM

Tirando o circo do soleil,numca vi maior palhaçada que dâo as religiôes!
Sendo a catolica,que tem menos graça.Perguntem aos catolicos de domingo quantos cultos catolicos e igrejas existe no mundo!Nâo sabem? Mas o nome dos jogadores do benfica/ou outros respondem,com uma velocidade sideral.
Servem-se das mulheres para manterem um falso mito,mas é tudo! Tudo se resume a isto..nâo sou eu que digo,mas aquele vélho soldado Françês da primeira guerra mundial. Quando o jornalista lhe perguntou: eu nunca soube porquê me batia!Existe duas coisas na vida que nos mergulha numa tristêsa eterna.A MORTE da MÂE E /OU D'FILHO/A .Quando uma mâe pérde o filho unico numa guerra bêsta.E QUE MAL ISSO CONTINUA A APOIAR Bush.Tenho o direito de perguntar onde esta êsse deus palhaço!Que nunca ninguem vio a cara    



6:11 AM

Bom dia Mario,se me permetes,e nâo existe absulotamente nenhum risco,envio-te uma foto.Que depois varios anos na Africa OESTE,ainda me faz mal.Obrigado,desculpa    



1:11 AM

Não tem nada que pedir desculpa. E obrigado pelo comentário e pela foto. Impressiona, de facto.    



» Post a Comment