<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Boa sugestão

De acordo com o Público, para cumprir Quioto é necessário que 5% dos automobilistas passem a andar de transporte público. Proponho que se comece pelos ecologistas.

no Blasfémias
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

6:41 AM

Os quiotistas estão a ficar cada vez mais a defesa, à medida que se vai percebendo que as previsões de quioto/"aquecimento global" não se verificam.

Que há modificações climáticas, é verdade. A verdade é que elas acontecem ciclicamente à revelia da acção do homem.

De acordo com as previsões do pessoal do "efeitde estufa", o vento já deveria ter cessado, e a pressão atmosférica globalmente baixado. Ambas continuam como sempre.

Entretanto a temperatura média global que subiu até por volta do ano 2000, manteve-se estável desde aí, só para arreliar a malta do "CO2".

O ano passado foi previsto que os furacões superdestruidores se iam repetir porque o mar estava mais quente (e estava), e este ano a temperatura do mar desceu.

Já agora, o Killimankaro não tem neve não é por causa da subida local de temperatura, mas porque não tem lá nevado.

Que raio de mania que havia de ter dado aos "aquecimentistas" de que o homem, em termos cosmológicos, tem assim tanta importância.

Bastará o Sol ser acometido de um arroto, e lá vamos todos parar à órbita de Plutão (zona aliás bem fresquinha, mas onde chegaríamos substancialmente chamuscados).

.

.    



12:20 PM

ora nem mais! Ou então que deixem de ter jipes movidos a gasóleo... já era uma ajudinha!    



2:08 PM

Exactamente, Sónia. :-)    



» Post a Comment