<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Companhias destas ? NÃO Obrigado.

Pior do que ver padres a utilizar o púlpito para defender o NÃO é ver padres a utilizar o púlpito para defender o SIM. Pior do que um padre retrógado é um padre moderno.
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

10:03 PM

Eu lhe digo que pelo sim temos gente tão odionda que coloca fetos com agulhas espetadas numa mesa à porta de uma igreja para adultos e crianças verem, e agora o que acha mais horrivel.    



11:06 PM

Acha que eu (ou qualquer pessoa com um pingo de bom senso) concorda com isso ?

Neste post apenas tento dizer que não gosto de ver padres a defender o sim.

Ah, e eu voto SIM !    



3:24 AM

Esse exemplo é de inominável estupidez. É claro que ninguém com dois dedos de testa hesitaria sequer em condenar essa acção. E não querendo ser indelicada, acho que queria escrever "hedionda" ou "odiosa", ao invés de "odionda". E parece-me algo estranho que tal cena tenha realmente acontecido. Do que depreendi da campanha, os movimentos pelo sim nunca optaram por mostrar imagens de fetos.    



» Post a Comment