<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Pequenas Irritações


Comentadores de televisão idiotas

Sempre que vejo um jogo na televisão portuguesa em que entre o Cristiano Ronaldo ou Ronaldinho ou Messi ou Rooney ou outro qualquer virtuoso, mais cedo ou mais tarde acabo por me irritar.

Porque há sempre um comentador ou jornalista ou repórter no campo ou treinador falhado que à primeira falha dos artistas e embriagado pelo poder de estar a falar para milhões, manda para o ar um “foi egoísta” ou “está a exagerar”. Estes idiotas aparentemente não compreendem que se os virtuosos “passarem mais a bola” e tentarem “jogar mais para a equipa” não podem como é óbvio arriscar o lance fantástico ou o golo impossível.

Se queremos ser deslumbrados, temos que deixar os artistas tentarem o deslumbramento. E das duas uma. Ou a jogada é fácil e não mérito algum ou então a possibilidade de falharem é grande. E quanto maior for a probabilidade de falharem, maior é o momento de ouro que nos propiciam. Poderá ser uma linha ténue entre arriscar e exagerar, mas temos que deixar esse juízo nas mãos dos jogadores, pois caso contrário passamos 90 minutos a ver jogar 22 Ricardo Costas.

Se o Ibrahimovic tivesse passado a bola, como é que poderíamos um dia mais tarde ver este golo fantástico 34 vezes seguidas …






Se o Bergkamp não tivesse arriscado este drible impossível, como é que agora o poderíamos estar a ver e a ver e a ver …
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »

4:46 PM

O Mário ouviu aquele comentador que dizia que a melhor equipa africana neste mundial era a equipa de Trinidad e Tobago?    



5:16 PM

A sério ? qual foi ?    



7:31 PM

a maior parte dessa gentalha sao falhados acadmicamente. Todos eles ainda se nota plasma da mae na cara e esperma de homen na BOCairrraaaaaaaaaaa    



» Post a Comment