<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Maria João Avilez

30.4.06

Outras Conversas é actualmente, na minha opinião, o melhor programa da televisão português. Ou dito de outra forma, qualquer programa feito pela Maria João Avilez é sempre o melhor programa.

A sobriedade, o conhecimento dos temas, a afabilidade e inteligência serão certamente algumas das qualidades que toda a gente lhe poderia apontar. Mas o factor que a mim me agrada mais, e que é a cereja por cima do bolo, é a sua opção, porque é sempre uma opção, de não deixar de imprimir um cunho pessoal nas perguntas que faz.

No entanto, nunca ultrapassa a linha que divide a entrevistadora da opinion maker. Margarida Marante (final de estação) é um bom exemplo disso. Para o fim, as suas entrevistas eram arrogantes, pretensiosas. Ela e só ela é que tinha razão. E quando o entrevistado não concordava com a sua discordância, ela fazia questão de o deixar bem vincado com piadas e comentários laterais.

Como opinion maker é uma das minhas preferidas e graças ao excelente site da TSF, podemos sempre ouvi-la no conforto do lar, pois o programa é transmitido quando estamos no conforto do trabalho.

Mas o que queria verdadeiramente dizer era que o programa de hoje nos deu a oportunidade de mais uma vez ouvir o Professor Adriano Moreira. Era só isso.

Stand Up Comedy


I think that it would be great if you have a kid that ended being a Pope. That would be the ultimate bragging. “Oh your son is a doctor … ours is Pope. Oh they have a house … he has is own city.. it’s in Europe”.

Jim Gaffigan

Welcome


Para celebrar a 100ª edição, a Maxim americana estendeu uma cópia enorme da capa da revista (com a Eva Longoria) no deserto de Nevada. Tal é o seu tamanho, que é possível inclusive ser vista no Goolge Earth.

Ora aqui está uma fantástica utilização da novas tecnologias para fazer publicidade. (e uma bela comissão de boas vindas para os extraterrestres)

Para a encontrar, abra o Google Earth e depois click aqui.

Genial

29.4.06

Encontrei, via O Vizinho, o site dos The 118118 Team, com uma paródia ao anúncio da Honda, que é simplesmente genial.

V de Vendetta

Sempre que encontro um jovem adepto do FCPorto cheio de adrenalina, conto-lhe a história do Sr. Carlos Calheiros.


Era uma vez um árbitro chamado Carlos Calheiros, que no ano do Senhor de 1996 fez uma viagem ao Brasil na companhia da família. Essa viagem, organizada pela Agência de Viagens Cosmos, (propriedade de Joaquim Oliveira da Olivedesportos), e no valor de 700 contos, não foi contudo enviada para ele. Não, a factura seguiu para o FCPorto, que a pagou.

Agora entra a parte engraçada.
A factura foi emitida em nome de José Amorim. E perguntam os meus meninos : Mas ele não se chamava Carlos Calheiros ? Chamava sim senhor, mas não só. O nosso amigo, ficamos na altura a saber, afinal chamava-se José Carlos Amorim Calheiros. Era conhecido e respondia por Carlos Calheiros mas fez a viagem com o nome José Amorim.

Contactado pela SIC, na altura arqui-inimiga do FCPorto, o nosso herói respondeu que tinha pago a factura, mas depois de lhe demonstrarem que não, voltou atrás dizendo que tinha sido um lapso, e que iria rapidamente e em força, pagar a verba ao clube.

O FCPorto, claro, reagiu. Em entrevista à televisão, o seu presidente veio dizer que a referida factura foi envidada pela Cosmos, de quem era também cliente, misturada com muitas outras e que o departamento de contabilidade, por lapso, liquidou-a juntamente com as restantes.

Resumindo :
A Cosmos, por lapso, envia a factura de um cliente para outro.
O FCPorto, por lapso, paga uma factura que não lhe diz respeito.
O árbitro, por lapso, não paga uma viagem que fez ao Brasil.

E a Justiça, por lapso, esqueceu-se de prender estes ladrões todos.

Stand Up Comedy


Drinking and driving. Some people say it’s wrong, and I call these people the cops..

Dave Attell

Franciscomiguelpirismo

No Small Brother

Utopias de Abril
Que [o Estado] perceba finalmente o direito de cada um a escolher o seu modelo de educação, de saúde, de desenvolvimento económico e de afirmação pessoal, que acabe com a hipocrisia das leis de proibições ao consumo, do aborto, e das preferências sexuais de cada um e já agora, que me deixe fumar uns cigarrinhos à mesa de vez em quando.

Ratatat

Via Elba Everywhere descubro o This is Fast Loud & Nasty que nos dá uma dica fanstástica.

Brunopaisismo

No Elba Everywhere

Vigilâncias
No Relatório de Segurança Interna do ano passado, o SIS concluiu que há cada vez mais jovens a aderir ao movimento nacionalista...
Vigiará também o SIS os jovens que se juntam a movimentos extremistas de esquerda? O SIS não deveria também vigiar as organizações com origens Estalinistas, Maoistas ou Trotskistas?

Então e a tropa ?

Ninguém tem histórias engraçadas para contar ? Histórias de coragem, de companheirismo, de bebedeiras, de humilhação, de sofrimento, de obediência forçada e voluntarismo obrigatório ?

É estranho. Se considerarmos no mínimo que metade dos bloggers são homens, (e se falo de homens é porque estou a falar do serviço militar obrigatório), e que uma boa parte terá mais de 30 anos, o normal seria que houvessem blogs sobre o assunto ou pelo menos um post ou outro.

Mas não. Pesquisei, pesquisei, pesquisei e a resposta foi muito fraquinha, para não dizer quase inexistente. Porque será ? Não é estranho ? Eu acho que é.

Por isso, este post é também o meu contributo para suprir esta evidente falha da blogosfera.


Ora aqui estou eu a receber as belas das divisas de 2º Furriel Miliciano na Escola Prática de Infantaria, que para quem não sabe, está integrada no Convento de Mafra.


E aqui estou eu a receber instrução, (salvo erro era uma G.A.M. – Ginástica de Aptidão Militar ou Ginástica Até à Morte como carinhosamente era conhecida), no caso em posição de prisioneiro de guerra, (que eu logo achei de bastante utilidade, considerando a minha já manifesta aptidão militar).

Stand Up Comedy


A couple of weeks ago I failed to perform sexually. I’m not going into details, I’ll just say ‘I arrived early’. And my girlfriend said : “Don’t worry. That happens to a lot of guys.”

I said : “There are two things : First, who is this ‘a lot of guys’, and second, if it happened to more than one of us, don’t you think it could be your fault ?”

Jimmy Carr

(dedicado)

Stand Up Comedy

28.4.06

I’m gay and one day my dad looks at me and say: “So, what is that the two of you do ? What do you do ?”
And I said : “Well dad, you know all that things you really wish mom would do, but she won’t ? That’s what we do.”

Jim David

Aviso para o balneário

27.4.06

No Público
Comentando a anunciada divulgação de um documento do Vaticano que revê a posição da Igreja sobre o recurso ao preservativo para evitar a propagação da sida, D. António Montes defendeu que a Igreja Católica tem como missão, também, "apresentar a finalidade da sexualidade", num tempo em que se fala "do uso do preservativo de forma desgovernada".

Os impostos vão aumentar

No Diário de Noticias
Os portugueses fumaram 16 mil milhões de cigarros em 2005, menos mil milhões do que em 2004. Segundo dados anuais dos fabricantes a que o DN teve acesso, as vendas de tabaco desceram 5,4% no último ano. Para a Associação Nacional dos Grossistas de Tabaco, "Portugal é um mercado de preços e é pela subida dos preços que as vendas descem, mas as limitações cada vez maiores ao consumo também ajudam".

Os Reprodutores

Choque Tecnológico



O livro do Jaquinzinhos já está on-line.

Aqui.

Lembrar Fernando Seara

26.4.06
Psicologia de rua



Pinto da Costa – Vai pró caralho
Pinto da Costa – Vai pró caralho










SLB, SLB,
SLB, SLB, SLB,
Filhos da puta, SLB,
Filhos da puta, SLB,

Sammy





Sammy Davis Jr.

Mr.Bojangles
(Jerry Jeff Walker)






I knew a man, Bojangles, and he'd dance for you in worn out shoes,
with silver hair, a ragged shirt, and baggy pants.
He would do the old soft shoe.
He could jump so high, jump so high,
and then he'd lightly touch down.

He told me of the times he worked with minstrel shows,
Travelling through out the South.
He spoke with tears of fifteen years how his dog and he,
they travel all about.
the dog up and died, dog up and died,
and after twenty years he still greived.

He said "I dance now and every chance a honkey-tonk, for my drinks and tips.
But most of the time I spend behind these country bars, you see son, I drinks a bit."
he shook his head, as he shook his head,
I heard someone
say please, please, please.

Mr. Bojangles,
Call him Mr. Bojangles,
Mr. Bojangles,
Come back and dance.

Mr. Bojangles.
Mr. Bojangles.
Mr. Bojangles
dance.

Come back and dance again.
Please Bojangles.

Ney






Ney Matogrosso

Balada do louco
(Arnaldo Baptista - Rita Lee)





Dizem que sou louco por pensar assim
Se eu sou muito louco por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Se eles são bonitos, sou Alain Delon
Se eles são famosos, sou Napoleão
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Eu juro que é melhor
Não ser o normal
Se eu posso pensar que Deus sou eu
Se eles têm três carros, eu posso voar
Se eles rezam muito, eu já estou no ar
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, não é feliz

Sim sou muito louco, não vou me curar
Já não sou o único que encontrou a paz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, eu sou feliz

Stand Up Comedy


Talking of masturbation, I was reading this article on autoerotic asphyxiation. Some guys actually choke themselves with a belt while they’re doing it. I read like eight hundred men a year died doing this. I was like : No way. Not eight hundred.
Then I remembered how many time I nearly killed myself with just conventional masturbation.

Todd Barry

Experimentem perguntar

25.4.06
Este excelente livro, que foi posto à venda este fim de semana, juntamente com o Público e o Expresso, é baseado nos artigos que os jornalistas Adelino Gomes e José Pedro Castanheira publicaram há um ano atrás nos respectivos jornais.

Com uma edição cuidada e um preço ridículo (12 €), é um retrato cronológico de um período da nossa história recente que todos deveriam conhecer em pormenor, pois muito da conta que ainda hoje pagamos foi mandado vir para a mesa naquele tempo. Principalmente para juventude mais jovem que nem sequer sabe o que significa PREC (experimentem perguntar), é um excelente começo para saberem por exemplo, quem foi Melo Antunes (experimentem perguntar) ou até mesmo Danny Kaye. Ou dito de outra forma, para todos aqueles que sabem o que foi o 25 de Abril mas que pensam que o 25 de Novembro é apenas mais um sábado.

Ainda para quem se interessa, este tema vai estar em debate no próximo
Clube dos Jornalistas na próxima Quarta, dia 28 à 23h30 na 2:

Água da Fonte


Rola na Água da Fonte o comic bit Taxed Beyond Belief do Lewis Black.

Take the amount in block 32 A, the tax form says, and move it to block 37 A… and I say :
Screw you !
If it’s so important, them you move it !

Uma pequena grande diferença

Há uma grande diferença entre os blogs de ilustres desconhecidos e os blogs de figuras públicas, conhecidas ou meias conhecidas. Nos blogs de ilustres desconhecidos não há piadinhas, bocas, remoques, indirectas e recadinhos a outros blogs também eles cheios de piadinhas, bocas, remoques, indirectas e recadinhos.

Scrubs

24.4.06




Lazlo Bane
Superman

168 horas já nas bancas (em dose dupla)

Política em Portugal



No dia 25, se Cavaco Silva levar um cravo na lapela vai ser atacado pela direita, se não levar vai ser atacado pela esquerda. E os comentadores políticos vão entreter-se a analisar todas as consequências, ilações e cenários sobre o importantíssimo facto de Cavaco Silva levar ou não um cravo vermelho na lapela.

Pequeno momento televisivo

Marcelo Rebelo de Sousa : Mota Amaral nunca pôs um cravo vermelho.
Bibelô : Mas antes punha …
Marcelo Rebelo de Sousa : Antes do 25 de Abril não …

Não negue à partida um CSI que desconhece

23.4.06


Play

Toda a gente sabe que os jogos não servem só para nos divertir. Como por exemplo estes dois, em que a sua função pedagógica é por demais evidente.

Para as Senhoras


Para os Senhores

Parabéns

22.4.06

Talvez não seja exagerado concluir que ...

... se não fosse o Nuno Guerreiro, a memória dos 500 anos do Massacre de Lisboa tinha passado quase despercebida em Portugal.


... a Maxmen é melhor que a FHM.


... não é pela qualidade das capas que a Atlântico merece ser lida.

… o maradona já entrou em estágio.

… quando pensamos que já vimos o site mais estranho que é possível, aparece sempre mais um candidato.

A sequela mais esperada

19.4.06

(via Peopleware)

Memória


O Massacre de Lisboa na Rua da Judiaria

Joãomirandismo (revisto e adaptado)

João Miranda no Blasfémias
O que faz o ecologista perante a subida dos preços dos combustíveis? Afinal, o ecologista sempre defendeu medidas draconianas contra os combustíveis fósseis. Não há medida mais eficaz contra as emissões de CO2 do que o aumento dos preços dos combustíveis. Os ecologistas deviam estar a celebrar, afinal os mercados estão a conseguir aquilo que eles sempre desejaram. E no entanto, não os vemos a celebrar. Porquê? Porque eles não gostam dos mercados e preferem a via do contrato colectivo, isto é, a via da auto-coacção colectiva.

Revisto e Adaptado
O que fazem os FqQDdF perante a subida do preço do tabaco ? Afinal, os FqQDdF sempre defenderam medidas coerentes contra o tabaco. Não há medida mais eficaz contra o fumo do que o aumento do preço do tabaco. Os FqQDdF deviam estar a celebrar, afinal o Estado está a conseguir aquilo que eles sempre desejaram. E no entanto, não os vemos a celebrar. Porquê? Porque eles não gostam de populismos higiénicos e preferem a via da liberdade individual, isto é, a via de se fazer o que se quiser com o corpo.

FqQDdF – Fumadores que Querem Deixar de Fumar

Começou ...

18.4.06
No Vodka Atónito!!!
Fontes da TVI confidenciaram-nos que a série 'Morangos com Açúcar' vai mudar de nome para 'Batido de Morango'

Weeds

17.4.06

Weeds é uma comédia da Showtime, onde uma vez mais o pano de fundo são os subúrbios americanos.

A história gira à volta de uma dona de casa (Mary-Louise Parker) que após a morte repentina do marido e sem meios para sustentar os seus dois filhos, decide meter-se no lucrativo negócio de tráfico de marijuana para fornecer os habitantes de Agrestic.

A actriz, que recebeu o Golden Globe pela sua prestação, não podia ter sido melhor escolhida. Não deixando de ter a beleza estonteante das actrizes de Hollywood, tem uma beleza natural, vulgar, normal. E um ar de menininha perdida que, obviamente, é perfeito para encarnar o personagem.

Do resto do cast sobressai ainda o Kevin Nealon, que faz o papel de contabilista e, claro, um dos consumidores.

Esta série tem também uma banda sonora notável, que pode ser ouvida na sua maioria no site oficial, com destaque para o tema que dá vida ao genérico - Little Boxes da Malvina Reynolds.

Little boxes on the hillside,
Little boxes made of ticky tacky
Little boxes on the hillside,
Little boxes all the same,
There's a green one and a pink one
And a blue one and a yellow one
And they're all made out of ticky tacky
And they all look just the same.

(link)

Malvina Reynolds
Little Boxes




Aliás, só o genérico é suficiente para nos abrir o apetite.



Por tudo isto e muito mais, recomenda-se o download.

Downloads legais

No Coming Soon
Disney-ABC Television Group announced today that it will offer ad-supported, full-length episodes of four ABC primetime series online at ABC.com as part of a two-month-long experiment. Current episodes of Lost, Desperate Housewives and Commander in Chief, as well as the entire present season of Alias, will be available for streaming during May and June, marking the first time a broadcast network has made multiple series available for viewing online, free of charge to consumers.

Parabéns

16.4.06

Às duas por três ... este blog faz um ano.

Já que estamos na Páscoa ...

15.4.06


(link)

Bill Hicks
Easter

Tradições

13.4.06
Na SIC Online

Fê-lo durante o Rito da Reconciliação, uma cerimónia que era tradicional em Roma até ao Renascimento e que agora a Santa Sé recupera. Os penitentes aproveitam para se confessar, reanimando uma prática em queda.

Eu acho que se é para recuperar tradições, então deviam ser mais ambiciosos. Que tal começar com umas fogueirinhas de meia dúzia de padres ? Até seria uma forma de tirar as pessoas de frente da televisão e do computador. De certeza que toda a gente iria querer assistir ao vivo ao retorno destas antigas e maravilhosas manifestações de fé.

Relativismo - parte 2

Cuidado que não deve ser considerada televisão excessiva ver durante horas e horas o passeio de uma estátua pelas ruas de Lisboa. Isso é a chamada manifestação de fé.

Relativismo

Na SIC Online

Na homilia da celebração, o cardeal norte-americano falou ainda do perdão. Falou sobre se é possível perdoar crimes como a violência contra crianças ou os assassinatos em massa de inocentes e disse que "a escuridão do pecado não poderá apagar nunca a luz da misericórdia divina".


É possível perdoar crimes como a violência contra crianças ?
Depende. Se o crime for pedofilia e o criminoso um padre, não só é possível como é recomendado. Manda-se o padre para outra paróquia onde ninguém o conhece, nomeadamente as criancinhas, e como que por milagre, todos os crimes são esquecidos.

Stand Up Comedy

12.4.06

Indian people are cheap. People say Jews are cheap. Jews aren’t actually cheap. Jews will spend the money if they think it’s worth.
A Jew will grab a shirt and goes : “I don’t know… alright. It feels like it’s good material. Here’s my money”.
But a Indian guy is like : “I don’t’ know… I could probably gets this made for 4 dolares.”

Russel Peters

Responder não ofende

A pergunta não ofende, mas está mal formulada. O correcto será perguntar se já nasceu um fumador que se recuse a apagar o cigarro, por mais cara feia que faça, quando alguém se sente incomodado.

Imbecilidade

No Público

É nas discotecas e nos bares que os níveis de contaminação do ar ambiental com nicotina são mais elevados. Nestes locais, um não fumador pode chegar a "fumar" o equivalente a 15 a 16 cigarros por cada oito horas, média que, nos restaurantes, desce para cerca de cinco a seis cigarros por dia de trabalho.


Proibir o tabaco nas discotecas e bares é, até à data, a maior imbecilidade deste fanatismo higiénico/populista.

Estes locais são pela sua natureza locais de prazer, descontracção e convívio. Ouve-se música, bebe-se uns copos, conversa-se com os amigos, dança-se, fazem-se uns engates, etc, etc.

Como é que é possível querer que os fumadores se “controlem” ou “façam um esforço” para não fumar nestes locais com estas condições (música, copos, amigos, etc.). Não sabem o que é um cigarro para um fumador ?
Das duas uma. Ou as discotecas e bares vão ficar às moscas, ou a fila para a casa de banho vai dar a volta à pista. Até ao dia, claro, que um fanático higiénico/populista se lembrar de espetar com um fiscal lá dentro de bloco de multas numa mão e um detector de fumo na outra.

E já agora, porque é que não foi feito um estudo sobre os níveis de audição dos funcionários das discotecas e bares ? Eu era capaz de apostar que não devem ser lá muito famosos.

Emprego Mínimo Garantido

No Público
O líder do PSD, Luís Marques Mendes, anunciou hoje que o partido está a preparar um projecto de lei para a criação de um programa especial para estimular a entrada de jovens licenciados desempregados no mercado de trabalho. Marques Mendes reuniu-se esta tarde com dirigentes da UGT e da CGTP.

Acho bem. Eu até iria mais longe, pois é uma autêntica vergonha nacional termos na rua licenciados desempregados. Eu sugeria ao PSD que apresentasse uma proposta no sentido de lhe dar um Emprego Mínimo Garantido mal saem da faculdade.

No CTT, por exemplo. A tratar dos sorteios.

Não invente... vá aos Correios

No site dos CTT

Pague o Imposto e ganhe um Opel Astra

Pague o Imposto Municipal sobre Imóveis (Autárquica) nos Correios e habilite-se a ganhar um Opel Astra GTC 1.4

Desta vez vai ficar contente por pagar impostos. Só os CTT podem transformar a experiência de pagar um Imposto numa ocasião para festejar.

Durante o mês de Abril, pague o seu Imposto Municipal sobre Imóveis nos Correios, guarde o comprovativo do pagamento e esteja atento aos resultados do sorteio. Pode ser o feliz vencedor.

Promoção válida de 1 a 30 de Abril de 2006, nas Estações de Correios e Lojas Financeiras. As operações de sorteio serão efectuadas nas instalações dos CTT, situados na Praça D.Luís I, nº 30, pelas 18h00 do dia 31/05/2006.

O prémio deverá ser reclamado num prazo de 90 dias a contar da data do sorteio, na morada do requerente, das 9h30 às 17h00 diariamente, com excepção de Sábados, Domingos e Feriados.

O resultado do sorteio será publicado no Jornal Diário de Notícias do dia
14/06/2006. Concurso autorizado pelo Governo Civil de Lisboa. Promoção válida em Portugal Continental.

Exceptuando talvez os anarquistas e os burrinhos de todo, penso que ninguém questiona o pagamento de impostos. Se são mais altos ou mais baixos ou se muitos ou poucos, isso é outra discussão. O princípio em si não é questionável.

Por isso, este sorteio é completamente inaceitável. O Estado não se pode comportar como se fosse um qualquer hipermercado que premeia a preferência dos clientes.

Aqui não há clientes, há cidadãos a cumprir a sua obrigação. E de resto, pagar impostos não é uma “experiência”. Ninguém “experimenta” pagar impostos. Mesmo que se concorde com o imposto e se o ache muito justo, não se paga por prazer, porque não existe a opção de gostar ou deixar de gostar. Como de resto aliás, não podia deixar de ser.

Acresce ainda que os Correios não são uma empresa privada. São uma empresa pública, o que do meu ponto de vista de contribuinte, e neste caso de cobrança de impostos, significa o mesmo que Estado. Não há, ou não deveria haver, qualquer diferença entre os pagar numa repartição de finanças ou numa estação de correios.

Não deixa de ser revelador que o Estado quando lhe interessa olha para as Empresas Públicas como empresas no mercado e quando não lhe interessa olha-as como entidades públicas. Na RTP, ai Jesus que há um serviço público a prestar, nos CTT, alto lá que são uma empresa privada que legitimamente cobra uma comissão põe cada imposto cobrado.

O que é que vem a seguir ? O dez primeiros clientes da nova urgência do Hospital de S,João tem direito a uma televisão gigante para levar para a enfermaria ? E o processo milhão de cada tribunal vai ganhar o patrocínio grátis do escritório do José Miguel Júdice ?