<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7665134\x26blogName\x3dA+Fonte\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://afonte.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_US\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://afonte.blogspot.com/\x26vt\x3d6978232382653524933', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

A Fonte

O que há de errado comigo ? Eu não sei nada e continuo limpo.

Como é que está o caso da violação da lei eleitoral ?

30.11.05
No Super-Mário
"Se for eleito, fico satisfeito porque a minha mensagem passou, mas se não for eleito não vou dizer mal da democracia. [...] As pessoas não gostam de candidatos que ficam zangados no fim da eleição. Isso é como um tipo que não dança bem. Pede a menina e depois diz que o problema é da sala, que está torta."
[Mário Soares, Público, 30 de Novembro]

Gripe das Aves ?

Porque será ?

Dos principais blogs afectos às candidaturas presidenciais :

Pulo do Lobo
O Quadrado
Super-Mário
Mais Livre
Manuela Magno
José Maria Martins

[adenda]
Cidadãos Apoiam Garcia Pereira

Só UM é que não aceita comentários.

Será porque :
a) Acham que não vão ter comentários ?
b ) Acham que vão ter muitos comentários ?
c) Acham que vão ser maltratados ?
d) Acham que vão ser gozados ?
e) Não lidam muito bem com as críticas ?
f) Não têm confianças nos seus argumentos ?
g) Sentem-se superiores ?
h) Sentem-se inferiores ?
i) Não gostam do diálogo ?
j) Foram instruções recebidas ?
l) Estão ainda à espera de instruções ?
m) É um problema de template ?
n) Não acreditam na vitória e por isso não estão para se chatear ?

(Publicado n’O Eleito)

Nem criminosos competitivos temos ...


Na SIC Online
O Tribunal de Aveiro condenou hoje a penas de prisão entre os 12 e os 15 anos quatro homens acusados de terem raptado, roubado e tentado matar uma universitária de 19 anos.

Eu se estivesse no lugar dos juízes tinha-lhes dado mais dois anitos só pela burrice.

Vejamos :
Assaltam uma pessoa e depois decidem matá-la. Mas não a matam. Prendem-na com fita adesiva e atiram-na à água. Presume-se que no mundinho deles a fita-cola não perde aderência com a água.
Depois atiram o carro ao rio, mas para um sítio que não tinha altura suficiente para afundar. Se não verificar se o rio era tinha profundidade suficiente é de burrinhos, não esperar para ver o carro a afundar é de burrinhos que nem uma porta.

Eu disse dois anos ?

Welcome back

29.11.05
Só hoje é que reparei que o Epicurtas está de volta. E em grande...

PONTA SUL: O discurso e a prática de Paulo BentoNa antecipação do jogo deste fim de semana, Paulo Bento anunciou que o Sporting não pode "jogar como nunca e perder como sempre". Ontem jogou como quase nunca e ganhou como raramente. Foi uma agradável surpresa para mudar novamente a máxima: jogar e ganhar como quase sempre.

Stand Up Comedy

All I know is that gay guys put a lot of shit on their face and some is actually good for their skin.

Carlos Mencia

Intimidades

28.11.05

se quiserem conhecer Cavaco na intimidade, podem ler a Sábado da última semana...












...se quiserem conhecer a intimidade de Mário Soares, podem ler o livro de Rui Mateus.

Stand Up Comedy


Does gay guys stop giving blowjobs after they got married too ?

Carlos Mencia

Pergunta do Dia

Em quem é que os emigrantes irão votar ?

Em quem sempre lutou para que tivessem direito de voto ?
ou
Em quem sempre lutou para que não tivessem direito de voto ?

(Publicado n’O Eleito)

Entertainers

Cavaco Silva sempre falou pouco. Sempre foi comedido. Mesmo quando era Primeiro-Ministro, media as palavras como até hoje nenhum político o fez. No pólo oposto teremos talvez Santana Lopes. Falava todos os dias e em horário nobre.

Há um efeito imediato desta opção. As suas palavras são analisadas à lupa, comparadas com anteriores declarações, guardadas na memória colectiva. As frases infelizes são glosadas eternamente e os momentos embaraçantes entram directamente para o anedotário nacional.

E ninguém esquece. E toda a gente se lembra :
- Porque é que agora não ataca ninguém, quando há 10 anos atacava Jorge Sampaio ?
- Quem era a moeda falsa ?
- Em 1995 disse que se ia afastar da vida política. Porque o regresso ?
- E o bolo-rei ?
- E os cinco minutos de jornais ?
- E como e porquê é que os ministros foram embora.
- E a imagem com Sá Carneiro de 1985 ? Hã ? Como é ?

Mas registe-se a diferença.

- Há menos de um ano, Soares disse que era uma “loucura” candidatar-se novamente. É confrontado, faz uma piada sobre a idade, e com duas de letra a coisa passa.
- Manuel Alegre disse quando se apresentou pela primeira vez, que se não houvesse mais ninguém para derrotar Cavaco, ele avançava. Passados dois meses já ninguém se lembra.
- Manuel Alegre que sempre fez parte do aparelho socialista e do qual esperava o apoio, vem dizer que se candidata pela independência dos partidos. E toda a gente faz de conta.

Há qualquer coisa na sociedade portuguesa que também tem que ser aprendida para não aceitarmos que uma piada feliz, desenrascada e oportuna é suficiente para justificar as opções políticas que se tomam.

Cavaco pode não saber responder às perguntas difíceis, mas a verdade é que ninguém sabe. O máximo que um político consegue é distrair a audiência. Cavaco não o consegue. Tudo bem. Também não o quero para entertainer.

(Publicado n’O Eleito)

E agora vamos aos discos ...


Acaba de sair o último trabalho dos Los Hermanos, de nome "4", sendo que é a primeira vez que são editados em Portugal.

Para quem conhece a banda, eu diria que não tem nada a ver com o som do primeiro álbum. Mais calmo, mais maduro, enfim, uma belíssima surpresa.


Pois é

Parabéns

27.11.05

Mais um dos meus preferidos que comemora o seu aniversário.

A Razão tem sempre cliente faz um ano e para celebrar está a fazer um best-of. Vai ser difícil ...

Catfight


Tás a passar das marcas... não me importo que digas o que quiseres de mim, mas não te dou o direito de te meteres com as minhas amigas! Se é porrada que queres é porrada que levas! Mas frente a frente e olhos nos olhos que estas merdas de disputas em caixas de comentários são prós cobardes. Manda-me um mail (mariaptg@gmail.com) se fores capaz. Marca um sítio e uma hora e lá nos encontraremos.

Não há almoços grátis

26.11.05
[1] O site oficial de Mário Soares tem esta citação na primeira página.
Os portugueses devem encarar a crise que os afecta com coragem, determinação e patriotismo, para a vencer, mas também como uma oportunidade única de mudança e de modernização.
Mário Soares, Manifesto Eleitoral

[2] O blog não oficial de apoio a Mário Soares tem um link para o site oficial de Mário Soares.

Para onde é que eu mando a conta de consultadoria ?

(Publicado n’O Eleito)

Linda de Suza meet Piano Man

Um familiar meu aprendeu a tocar piano sozinho num teclado de cartão porque os pais não tinham dinheiro nem disposição para lhe comprar um instrumento de verdade.

Não sei quem é o mais maluco. Se o que pensava que estava realmente a aprender, se o que pensava que o outro estava mesmo a tocar.

E, naturalmente, votem Cavaco.

Esqueci-me de dizer uma coisa no post anterior

Votem Cavaco.

Não vá mais longe

O melhor comentário sobre este post é o título do post anterior no mesmo blog.

É oficial [2]

Os apoiantes de Cavaco Silva são devotos
e
Os devotos de Manuel Alegre são apoiantes

Stand Up Comedy

25.11.05

The Little Red Riding Wood is a horrifying story. It is. And it’s supposed to be like a kid’s story. Think about.
First there’s this girl. She’s like a trick. Cause she’s wear like high pants, a big push up bra and a little hood like a superhero strip or something. And remember when she’s skipping trough the woods, teasing all the woodsman : “Hi woodsman”. And they’re like : “What’s up beach ?”.

And she’s skipping trough the woods, but before she’s get to her grandmother house, you remember what happened : The wolf was there. And he ate her grandmother. That is terrible. He ate her grandmother !

Most people says :
- My grandmother died.
- What happened man ? Heart attack, stroke ?
- No man. A wolf ate her.
- What ??? How did he get in the building ?
- I don’t know who buzz him in.

Tony Woods

Superioridade


Sempre que leio um comentário de alguém a sugerir a outra pessoa que não fale do que não sabe, enfio sempre a carapuça.

Eu estimo que mais ou menos 80% do que escrevo é sobre assuntos que verdadeiramente não domino, mas depois olho para os lados e concluo que se assim fosse, não era só 80% do meu blog que desaparecia, era 80% da blogosfera.

Falar do que não se sabe, na blogosfera e em qualquer lado, não só é um direito como é um dever. Caso contrário, os economistas falavam só sobre economia, os carpinteiros sobre carpintaria, os médicos sobre medicina, os técnicos de aeroportos sobre aeroportos, o maradona falava sozinho e a Júlia Pinheiro sobre histerismo.

Alguém disse uma vez que todos somos ignorantes. Uns numas coisas, outros noutras. Puro bom senso de onde se conclui que de quando em vez todos temos razão. Por isso, este colete-de-forças não só tornaria a vida numa monotonia insuportável, como coarctaria uma das mais sublimes sensações que é dada sentir ao Homem. A superioridade.

Falemos então do que não sabemos. Aceitemos contrariados as possíveis reprimendas, na certeza porém que ao virar da esquina estará a nossa oportunidade para dizer alto e bom som : “Eu é que sei. Eu é que tenho os livros”.

Há dois tipos de bloggers

Os que escrevem posts nos intervalos da leitura de blogs
e
Os que lêem blogs nos intervalos da escrita de posts

20 Razões Para Se Fumar

24.11.05
1 – Diminui seriamente a vontade de fazer jogging.
2 – Proporciona uma excelente desculpa para nos casamentos, baptizados e afins, nos ausentarmos da tremenda seca que é a cerimónia religiosa.
3 – Quando numa viagem de carro nos dá o soninho, é das coisas mais fáceis e práticas que se pode utilizar para não adormecer.
4 – Considerando que se devem fazer radiografias regulares aos pulmões, os fumadores têm desculpa. Os não-fumadores são apenas maluquinhos das doenças.
5 – Os fumadores têm a plena consciência que um dia vão morrer. Os não-fumadores não, andando por isso iludidos.
6 – Os fumadores vivem menos. Isto é positivo porque os anos de vida que se deixa de viver são os últimos e por norma esses são sempre uma merda.
7 – Quando se está a pensar, os fumadores fazem-no a fumar um cigarro. Os não-fumadores ficam feitos parvinhos a olhar para a parede.
8 – O risco de cancro nos pulmões é justificado porque se fuma. Os não-fumadores correm esse risco por … nada.
9 – Temos sempre um isqueiro ou fósforos à mão quando é preciso acender uma fogueira ou um bolo de anos.
10 – Um fumador consegue entreter as crianças a fazer círculos de fumo com a boca.
11 – Um actor que precise de fumar no papel que vai representar, não fica ridículo quando dá uma passa ou quando segura o cigarro.
12 – Apesar de tudo, dá sempre um certo ar cool quando precisamos.
13 – Um fumador está imunizado para a paranóia do saudável que assola este início de século.
14 – A seguir a não comer, ainda é o melhor método para não engordar.
15 – Um cigarro puxa um whiskizinho e um whiskizinho puxa um cigarro que por sua vez puxa um whiskizinho, criando-se desta forma um círculo vicioso delicioso.
16 – Fumar um cigarro mal se sai da cama, ajuda a forçar os pulmões a expulsar as porcarias.
17 – Se um cigarro sabe bem, a seguir ao sexo sabe divinalmente. Fumar é por isso um bom motivo para se fazer sexo e fazer sexo é um bom motivo para fumar. Um casamento feito no céu, portanto.
18 – Quando se tem insónias, o que é que se pode fazer : “Um leitinho quente”, que dá um trabalhão de fazer às três da manhã, ou acender um cigarro e fumá-lo calmamente enquanto se sente o sono a aproximar-se ? Além disso, se passado uma hora o sono não vier, pode-se sempre fumar outro. Tem alguma lógica beber duas vezes numa noite um “um leitinho quente” ?
19 – Num jogo de cartas enquanto se espera pela nossa vez de jogar, não precisamos ficar mais uma vez feitos parvinhos a olhar para a mesa.
20 – É a melhor justificação para não se saber jogar à bola nos jogos de futebol com os amigos.

Levanta-te e Ri

23.11.05

Tomem nota: Ana Gomes vai ser um dia blogger de referência.

Parabéns à Ana Gomes. À custa de se ter encostado a Vital Moreira, Vicente Jorge Silva e a outros, consegue desde há dois anos fazer parte de um blog de referência.

Parabéns

Às duas por três...
Um excelente blog de visita diária e obrigatória… excepto quando o Benfica ganha. Quando isso acontece só é diária.

Parabéns pelo primeiro aniversário.

Se ...

22.11.05
Cavaco foi questionado na entrevista da TVI, se na crise política de 2004 teria agido da mesma forma que Jorge Sampaio.

A pergunta é legítima, (como aliás foi a resposta), mas haveria outra ainda mais pertinente : Se Cavaco tivesse ganho em 1996, teria dissolvido o Parlamento em 2000, quando o pântano de Guterres começou a ser evidente ?

Estaríamos hoje em dia nesta crise económica, financeira e social se Cavaco Silva fosse neste momento Presidente ?

(Publicado n’O Eleito)

O sexto resultado mais significativo para a pesquisa "fernando madeira" no Google Images é o seguinte conjunto pictórico:

Stand Up Comedy

21.11.05

I have a standing fan in my house that goes back and forth. It looks like the fan is saying “no”. So I like to ask it questions that a fan would say no too.
- Do you keep my hair in place ?
- Do you keep my documents in order ?
- Do you have three settings ?


LIAR. My fan fucking lied to me. Now I will pull the pin up. Now you ain’t saying shit.

Mitch Hedberg

Pequenos Mistérios


Etiquetas Inteligentes do MS Word

No Word aparece de vez em quando uma janelinha que pretende ajudar-nos. Dar-nos uns conselhos sobre a melhor forma de escrevermos. Até aqui tudo bem.

Mas será mesmo necessário chamar a essa ajuda “Etiqueta Inteligente” ? Como quem diz : “Ó morcãozola, toma lá atenção que o que estás prá aí a escrever é uma boa merda. O que tu quererás dizer não será antes isto ?".

E depois perguntar se queremos “Remover esta etiqueta inteligente”, não é o mesmo que perguntar : “Queres aprender ou queres continuar a ser totó ?

Nunca fui muito adepto do Cãozinho ou do Clipzinho, mas pelo menos eles eram mais amiguinhos da gente. E o Clip até fazia uma acrobacias.

Estradas perigosas

No Dolo Eventual

Vou acrescentar apenas isto: entre 1994 e 2004 morreram 40 mil e 908 pessoas e 1 milhão e 240 mil e 36 pessoas ficaram feridas vítimas de acidentes de aviação nas estradas portuguesas. E então? Chegou a sua vez de passar ao ataque?

Com já aqui muitas vezes escrevi, as mortes na estrada são uma das maiores cegueiras em Portugal. Tivesse uma doença qualquer metade dos números que as estradas apresentam a esta hora já teríamos uma Secretaria de Estado só para tratar dela. Por isso, não encontram maior aliado nesta luta do que eu.

Mas não creio que apontar baterias a um anúncio que apenas pretende vender carros seja uma boa ideia. Qual é o mercado da BMW ? Pessoas que se julgam Fitipaldis na estrada, ou melhor, burros que se julgam Fitipaldis na estrada. Mas o problema não é da BMW, o problema são os burros que se julgam Fitipaldis na estrada. Culpar o anúncio não seria o mesmo que culpar filmes de violência, a música rap ou a Júlia Pinheiro, por alguém entrar num centro comercial aos tiros a toda a gente ?

Culpar os anúncios, filmes, músicas ou a Júlia Pinheiro apenas serve para desresponsabilizar os indivíduos enquanto únicos responsáveis pelos seus actos. E se estivéssemos a falar de crianças, sugestionáveis por natureza, ainda seria discutível, mas estamos a falar de adultos. E um adulto não pode ser sugestionável ? Pode, mas é responsável pelas sugestões que aceita e pratica.

A ACA afirma :
Sabemos que a publicidade agressiva e enganosa incita à violência rodoviária e promove os comportamentos anti-sociais na estrada.

Os Fitipaldis da estrada são burros com ou sem anúncios. O problema não é o anúncio incentivar à violência, mas sim glorificá-la. Acho que é negativo e uma péssima opção publicitária, mas até proibi-lo vai um grande passo.

E depois qual seria a linha entre um anúncio e outro ? Não seria o fim disto, a pura proibição de publicidade automóvel ? E o que se seguiria ? Proibição à publicidade dos doces por causa dos diabéticos ? Proibição à publicidade dos brinquedos por causa das crianças pobres ?

Lembrar Cavaco Silva

20.11.05
No DN Online

Em relação aos seus opositores na corrida eleitoral, Alegre voltou a defender que "não haja batota", esclarecendo que "é preciso saber se todos os candidatos estão dispostos a sujeitar-se ao sufrágio e ir até ao fim", alertando que "se houver um candidato que desista a favor de outro, isso também é batota", num claro recado a Jerónimo de Sousa.

(Publicado n’O Eleito)

E ainda nos queixamos de falta de opções ...

O ainda Primeiro-Ministro do Sri Lanka venceu as eleições presidenciais.
n’A Peste

(Publicado n’
O Eleito)

Stand Up Comedy

19.11.05

Some girls shave their pussies, and I can’t believe that they start doing that for us. I mean, I thought the vagina on its own was perfect. I didn’t think there be anything you could do to make it better, and one day girls were like : “What if you can see it better …?”. And we’re like : “You’re always thinking, aren’t you ? You girls with your crazy vaginas …”.

Just when you think you see all the wonders that a vagina has to offer… - Hey! Better visibility.

Mitch Fatel

Inquério da Fonte

1 - Quem é que aqui tem filhos na escola que estão a servir de veio de transmissão dos "problemas" dos professores, com vista a ele convencerem os pais da sua "luta" ?

2 – Quem é que já se viu a discutir com um filho sobre os problemas dos professores, porque eles estão completamente convencidos da razão destes ?

e assim vamos indo ...

À entrada do concerto dos Vilage People, a jornalista da RTP atropela-nos com isto, depois de entrevistar meia dúzia de pessoas bem dispostas :

Tivemos sorte em que passassem agora estas pessoas, porque a maior parte vem muito comportadinha, inclusive com cara de quem deixou os filhos em casa e que vem para se divertir.

Disse também que havia muitas girly-woman.

the plot thickens ...

18.11.05
Fernando ?

O remador é um incompetente

A propósito deste texto do Dolo Eventual, lembrei-me de publicar este já antigo, que também é de autor desconhecido, (pelo menos para mim). Humor à parte, tanto o do Pedro como este, não deixam de, infelizmente, reflectir um pouco a nossa maneira de ser.

Lê-se numa crónica que no ano de 1994 se celebrou uma competição de remo entre duas equipas, uma composta por trabalhadores de uma empresa portuguesa e a outra pelos seus congéneres japoneses.

Dada a partida, os remadores japoneses começaram a destacar-se desde o primeiro instante. Chegaram à meta primeiro, e a equipa portuguesa chegou com uma hora de atraso.

De regresso a casa, a Direcção reuniu-se para analisar as causas de tão desastrosa actuação e chegaram à seguinte conclusão : detectou-se que na equipa japonesa havia um chefe de equipa e dez remadores, enquanto que na equipa portuguesa havia um remador e dez chefes de serviço, facto que seria alterado no ano seguinte.

No ano de 95 e após ser dada a partida, rapidamente a equipa japonesa começou a ganhar vantagem desde a primeira remadela. Desta vez a equipa portuguesa chegou com duas horas de atraso. A Direcção voltou a reunir após forte reprimenda da Gerência e viram que na equipa japonesa havia um chefe de equipa e dez remadores, enquanto que a portuguesa, após eficazes medidas adaptadas com o fracasso do ano passado, era composta por um chefe de serviço, dois assessores da Direcção, quatro de chefe de secção e um remador.

Após minuciosa análise, chega-se à seguinte conclusão : O remador é um incompetente.

No ano de 96, como não podia deixar de ser, a equipa japonesa adiantou-se mal foi dada a partida. A embarcação, que este ano tinha sido encomendada ao departamento de novas tecnologias, chegou com quatro horas de atraso.

Após a regata a para avaliar os resultados, celebrou-se uma reunião ao mais alto nível no piso superior do edifício, chegando-se à seguinte conclusão : este ano a equipa japonesa optou novamente por um chefe de equipa e dez remadores. A equipa portuguesa, após uma auditoria externa e um assessoria especial do departamento de informática, optou por uma formação mais vanguardista, composta por um chefe de serviço, três chefes de secção, dois auditores da Arthur Anderson e quatro Securitas que controlavam a actividade do único remador, ao qual se tinha aberto processo disciplinar e retirado todos os bónus e incentivos devido aos fracassos de anos anteriores.

Após prolongadas reuniões, decidiu-se que para a regata de 97, o remador será contratado para o efeito, já que se notou que a partir do vigésimo quinto quilómetro o remador mostrava algum desinteresse, que atingia a indiferença na linha da meta.

Acredite se quiser

17.11.05

Post escrito no Blog Não Oficial de Apoio à Candidatura de Mário “Loucura” Soares.

(Publicado no’O Eleito)

Boy meets Rock. Boy loves Rock.

... e quando eu pensava que nada nem ninguém nos poderia salvar do terrorismo, da gripe das aves e da Júlia Pinheiro eis que surge ...

Stand Up Comedy

16.11.05

The death row. They’re gonna tell you the day they gonna kill you and expect you to be there. We all know we’re gonna die, but we don’t know the date. They give you the date.

I’m coming to get you next Thursday. So don’t plan nothing the rest of the week.”. They give you a calendar, and the rest of the prisoners will just messing with you. – “So, what you doing this Friday ? Oh, that’s right. You ain't gonna be here.”

Earthquake

"Big Brother" Versus "Quinta Das Celebridades"

O post da Isabela merece-me alguns reparos, dúvidas, graças e ironias.

Assim :

A estratégia de Cavaco Silva, […] desde que legal.
O que é que isto quer dizer ? As estratégias eleitorais podem ser legais ou ilegais ?

[…] quanto a Cavaco, já a tinha delineada no dia em que saiu do governo para se tornar O Humilde Professor.
Cavaco Silva sempre foi O Humilde Professor. Não é de agora.

Cavaco não será a raposa velha, como Soares, não tem o seu dom da palavra nem a sua mundividência; não se desembrulha de improviso; não consegue enfrentar um argumento forte, arrumando-o com graça, ironia; sabe apenas responder lateralmente, e fugir; ou seja, no que respeita ao exercício de combate verbal político.
Um político pode fugir a uma questão com uma “graça, ironia”, mas não o pode fazer “lateralmente” ? E o que queremos e precisamos é políticos que se saibam “desembrulhar de improviso” das perguntas difíceis ?

Cavaco não chega à sola do sapato de Soares, nunca.
Em quê, concretamente ?

Sabe que o seu estilo tem de ser diferente, e escolheu um muito caro aos portugueses: […] ser humilde e honesto, falar pouco, fugir de questões, não se irritar, vir de baixo, ser pobrezinho ou mais ou menos!
Se o estilo de Cavaco é “humilde e honesto”, qual é o de Soares ?

Porque o mundo mudou, vive uma crise profunda, e, agora, apliquemos-lhe o código da crise: o do silêncio. Por isso, não, não ataca o adversário, porque o mundo mudou!
Primeiro a pergunta da entrevistadora é estúpida. Segundo, tens razão. Ele não soube fugir lateralmente. Se ao menos tivesse dito uma “graça” …

[…] verão um Cavaco-Zé Maria a recusar, por respeito, valor tão caro aos portugueses!, confrontos gratuitos com a raposa Soares-Marco.
Achas mesmos que os portugueses não gostam de confrontos gratuitos ? Não será antes ao contrário ? Lembras-te das audiências do pontapé do Marco ?

E quando, na próxima feira de Natal, lhe cair dos beiços o farelo do bolo-rei, vamos dizer: ai, que simples que ele é, que espontâneo, tal e qual o meu tio Manel...
Não é o que se costuma dizer de Soares, que é espontâneo ?

Cavaco não é simpático, não sorri como Soares, não mostra ser capaz de se descontrair, mas quem é que disse que os portugueses gostam de políticos simpáticos ?
Só quando estamos com graças e ironias é que geralmente sorrimos.

Os portugueses, a quem sorri, chamam leviano (muito riso, pouco siso); os portugueses gostam de ver o chicote pendurado na parede, […] Pelo menos tínhamos emprego.
Há de facto muita gente que pensa assim. Mas não creio que, e segundo as sondagens, seja metade da população. Digo eu, claro. É apenas um palpite.

É por isso que Cavaco é perigoso. É por isso que quando o vejo dizer que não vai responder a ataques, até tremo.
Presumo que no debate do Carmona-Carrilho deves ter aberto uma garrafa de champanhe.

Discussão de ideias? Qual discussão de ideias? Um ditador não discute ideias, porque um ditador não tem dúvidas e raramente se engana.
Gostava que me dessem um exemplo de Soares, Alegre, Guterres, Sampaio, Portas, Santana, Louça, Durão, Constâncio, Fazenda, etc, etc, etc, terem alguma vez admitido que se enganaram ou que tiveram dúvidas do que quer que seja. Se há coisa que os políticos têm que afirmar convictamente são as suas convicções e a sua actuação. Caso contrário, quem é que teria confiança neles ? Mesmo o Guterres, que se fartou e fartou de lembrar essas palavras, não assumiu qualquer erro quando fugiu do pântano. Inclusive tentou convencer-nos que o estava a fazer para o nosso bem.
Mas, o mais curioso é que Cavaco até já admitiu que se enganou e cometeu um erro político num decisão que muitos dizem ter sido o “princípio do fim”. A famosa ponte de Carnaval não concedida. Ele já reconheceu um erro. E Soares ? Já reconheceu algum, ou também nunca se engana e raramente tem dúvidas ?

É por isso que é urgente pôr o Cavaco a falar.
Esta, sinceramente não percebi. Então Cavaco não falou ontem ?

É urgente instigar o “bicho” a mostrar dentes e garras antes das eleições, os que tão bem lhe conhecemos, e que uma década de distância não nos pode ter feito esquecer.
Se é sangue que queres, não te preocupes. Vais tê-lo no debate Soares-Alegre.

(Publicado n’O Eleito)

Tácticas de Combate

15.11.05

Para combater a praga do Telemarketing, esta é uma boa solução, mas se sentir inspirado, o Tom Mabe sugere outra abordagem...


Tom Mabe - Crime and the Carpet Cleaner

O Ricardo jogou esta noite ?

- Iraque ? Eu falei sobre o Iraque. Disse na altura e na televisão que o Iraque isto, o Bush aquilo e a ONU aqueloutro.
- Pois, não sei…não li… não vi.

(Publicado n’O Eleito)

Stand Up Comedy

14.11.05

I remember when I got married and my wife say to me : “We need to talk”. I usually make the mistake of … talking. And every time I talk, I got my butt in more and more trouble.

Now I’ve learned. If she says to me “We need to talk”, I do exactly the something I do when a police officer walks to my car window. I look straight ahead and I give short yes and no answers until I find out of what I’m been accused of.

There’s no sense in pleading guilty to a crime they don’t know about yet.

Jeff Foxworthy

Falta de Argumentos [1]

Ainda não consegui perceber os críticos de Cavaco Silva que sugerem que ele não vai ser um bom Presidente porque é muito “interventivo” e porque o que ele gosta é de “governar”.

Curiosamente ninguém se lembrou disto em 1986 quando Mário Soares tinha sido Primeiro-Ministro seis meses antes. Porque terá sido ? Ele não gostava de “governar” ? E não sei porquê, palpita-me que se Guterres fosse candidato, também ninguém se ia lembrar dessa. Mas continuemos.

Se Cavaco Silva quando foi Primeiro-Ministro era interventivo, era-o porque tinha que o ser. A sua função era governar, logo intervir. Por isso, dizer passados dez anos que o cumprimento da sua função de Primeiro-Ministro o tornou num político com aspirações interventivas e que como tal são um entrave à função, menos interventiva claro, de Presidente da República, é no mínimo revelador de falta de argumentos.

Por outro lado, é preciso não esquecer que esta linha de argumentação vem geralmente acompanhada por aquela outra, também excelente, que associa a imagem séria de Cavaco Silva à imagem séria de Salazar, num claro processo de 1+1=2. Eu diria que a estupidez deste argumento pode ser desmontada assim : A imagem descontraída de Mário Soares lembra-me a imagem descontraída de Hugo Chavez, ou seja 2+2=4.

(Publicado n’O Eleito)

Flashback

Eu não me esqueci do que escrevi a propósito da campanha do Luís Filipe Vieira para os 300.000 sócios.

E deveria fazê-lo no termos em que o fez ? Fazendo chantagem ? Acho que sim. Mais uma vez, eu acho que ele está a pôr as coisas nos termos correctos. Se não concordam com ele, se acham que não têm que pagar para ter uma equipa vencedora, então o que é que ele está lá a fazer ? Eu entendo que é uma atitude corajosa, porque se realmente for embora por causa disto, sairá obviamente pela porta baixa.


Mas se não for embora …

Mentalidades

13.11.05
Os portugueses têm de facto uma mentalidade socialista, como sugere o David por outras palavras (“nenhum português seja, por impossibilidade genética, liberal”).

E sendo assim, talvez não seja descabido concluir que uma das soluções para os inúmeros problemas deste país passará por contrariar essa mesma mentalidade. Ou não ?

(Publicado n’O Eleito)

Patriarquices

O cardeal patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, negou hoje que a Igreja católica seja "demasiadamente masculina" e destacou "a maneira feminina de ser cristão, de rezar, de amar, de servir e de anunciar", na missa de encerramento do Congresso Internacional para a Nova Evangelização, no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa.

O que é concretamente a “maneira feminina de ser cristão” ?

"Muitas (mulheres) lamentam que a Igreja seja demasiadamente masculina. Não é, de facto, e sê-lo-á cada vez menos na medida em que mais mulheres sejam santas e sejam capazes de abraçar o mundo num acto de amor", disse D. José Policarpo na homília.

Conclusão : Uma mulher para pertencer à Igreja tem que ser santa.

O cardeal patriarca destacou o "carisma feminino", que pode exercer um "papel decisivo na renovação da Igreja e da missão".

"carisma feminino" ? O único carisma estritamente feminino que conheço é este.

Água da Fonte



George Carlin analisa na Água da Fonte os Dez Mandamentos.

“Thy shall not cover thy neighbour goods”

This one is just plain fucking stupid.
Covering your neighbour goods is what keeps the economy going. Your neighbour gets a vibrator that plays “O Come, All Ye Faithful”, and you want get one too.
Covering creates jobs. Leave it the alone.

Esquizofrenias

12.11.05
O Blog Não-oficial de Apoio à Candidatura de Mário Soares não tem o link para o site do Mário Soares, mas tem 4 links referentes a Cavaco Silva.

O
Site do candidato presidencial Mário Soares tem uma citação de … Cavaco Silva.

(Publicado n'
O Eleito)

Se o Ouvidor fosse um bocadinho mais Entendedor …

AXIMAGE
Cavaco Silva : 58 %
Manuel Alegre : 19 %
Mário Soares : 12 %

Jerónimo de Sousa : 6 %
Francisco Louça : 4 %

(Publicado n'O Eleito)

Matemática

11.11.05
Uma mãe é 21 anos mais velha do que o filho. Daqui a 6 anos a mãe terá o quíntuplo da idade do filho.
Pergunta: Onde está o pai?

A solução está mesmo na matemática, mas quem não quiser perder tempo pode ir à caixa comentários
deste post do PreDatado.

Para o Tio Karloos


Estás com sorte, puto. A chavala parece que é gira.

(Publicado n'O Eleito)

Aberta ...

... mas pequenina.

vaginas pequenas

Será uma ameaça ?

Li esta coisa em vários blogs.

Tomem nota: Paulo Pedroso vai ser um dia Primeiro Ministro de Portugal.

Ana Gomes no Causa Nossa

Está visto. Posso fugir mas não me posso esconder.

Efeitos positivos das drogas

Também ...

... tenho que revêr os critérios editoriais

vaginas abertas
Que este blog seja uma vagina ainda vá que não vá, mas aberta ?
Foda-se. Eu abro para quem quero.

Resposta ao Repto, Parte 2

Actualmente a Saúde consome uma boa parte do Orçamento de Estado. E para quê ?
- Os hospitais são desumanos;
- Os Centros de Saúde são poucos, com poucos médicos;
- As listas de espera para operações dão vontade de chorar;
- O tempo de espera das consultas daria vontade de rir não fosse as pessoas resolverem o assunto com idas às urgências que entope ainda mais os hospitais e os torna mais desumanos;
- Os tratamentos estão três dias as espera de uma mísera fonte de alimentação de um mísero aparelho (notícia de hoje);
- Muitas vezes, os médicos tratam os doentes como uns aborrecidos que se lembraram de adoecer, quer dizer, se lembraram de dizer que estão doentes;
- As visitas dos hospitais, (e quem já esteve internado, ou visitou alguém sabe a importância disso), são tratadas como se fossem elas próprias uma doença contagiosa.
- Os médicos que têm consultório cá fora usam o hospital como um centro privado de exames caros dos seus doentes privados.
- A cunha metida ao amigo ou familiar médico é a forma mais eficaz de ser atendido, o que obviamente entope mais o sistema.
E tudo isto e muito mais com o consumo cada vez maior de dinheiros públicos. Eu pergunto, a solução para o estado é injectar mais dinheiro ? É esse o problema ?

E qual é a solução para muita gente ? Seguros privados, médicos privados, hospitalizações privadas, tratamentos privados. E quem é esta gente ? Obviamente são pessoas com recursos. Mais conhecidos por ricos.

Os ricos são prejudicados porque além de terem também de contribuir para o OE, se querem ter alguma Saúde de jeito, têm de gastar mais dinheiro para a obter no privado, MAS PREJUDICA MUITO MAIS OS POBRES, porque estes que não tendo recursos para os dois lados, têm de sujeitar-se, (é a palavra certa), aos serviços públicos que são a vergonha que descrevi em cima.

O que é que acontece em Portugal a uma pessoa que tem que ser sujeita a uma operação caríssima ? Se tem dinheiro, vai ao privado e muitas vezes é no estrangeiro. Se não tem, espera, desespera e muitas vezes morre nas listas de espera. Mas se tanto o rico como o pobre tivessem um seguro de saúde, o que é que aconteceria ?

E as pessoas que não têm dinheiro para um seguro ? A resposta o Karloos já a deu, “Distribuam-se cheques saúde […] a quem não pudesse pagar e a pessoa que escolhesse a empresa a que queria recorrer. “, mas eu respondo com a pergunta que já fiz. O que é que acontece a quem não tem dinheiro para uma operação caríssima ?

Eu tenho a certeza que isto não seria a solução milagrosa. Certamente que não. Agora o que eu sei, e toda a gente sabe, é que o estado actual da Saúde Pública falhou. Redondamente.

(Publicado n’O Eleito)

Stand Up Comedy

10.11.05

White women make me real nervous. Like at night when they’re by themselves walking towards me. And she can be nervous too, I’m a big dude. She might think “Oh Jesus, there’s a big black guy towards me …”. And I’m thinking : “Oh Jesus, I hope nobody kills this white women, cause I’m gonna get blamed for it.”

That’s why I do a lot of stuff to protect me. I keep my receipts. I collect receipts. Cause that’s a track where you’ve been. Everywhere I go, I get a receipt, and I never go more than half hour without buying something cause you can kill somebody in half hour.
You need an alibi, you know. So, every fifteen minutes I buy something … a stick of gum …”Can I get a receipt for that, please ?”
- “We don’t have receipts for gum, my friend”
- “Well, you gonna have to write me one or something…I've got to have a receipt”
- “I already tell you, we don’t have receipts”.

And if it’s like that, I just argue with him. So he remembers me, you know what I mean ?
- “Gimme my receipt pussy”
- “What ? What ? Kiss my ass !”
- “Yeah, yeah. Kiss my ass too. What time is it ?“
- “Five fifteen !”
- “All right, I’m good”

And that’s way I don’t throw garbage in the street. It’s not because I care about the earth, but I’m afraid I’ll be walking in the park, drinking a soda, and when I’m done throw it over my shoulder, fly over the bush and land on some dead white women head with my fingerprints on the can. Now I’m the Pepsi- Cola rapist because I’m lazy.

Patrice O’Neal

Ler nas entrelinhas

O que ele disse : Mário Soares recusa ideia da falência do Estado Social
O que eu leio : Mário Soares reconhece que a ideia da falência do Estado Social está na ordem do dia.

(Publicado n’O Eleito)

Saramaguices

9.11.05
Mais um entrevista do Carlos Vaz Marques, desta feita com José Saramago.

O gajo, lembra-se de dizer que nada, nem ninguém é imortal. Pergunta-lhe o entrevistador : “E as obras de literatura ?” – “Não. Nada é imortal”. Enfim, mais ou menos isto.

Eu, como sou bruto, insensível e pouco paciente para gajos como o Saramago, teria dito qualquer coisa como isto : “Ouça lá, ó sua besta. Ou você é burro ou então quer fazer de nós todos burros. Então e as obras escritas à 100, 200, 500 anos atrás não são imortais ? Então e o Camões ? Não é imortal ? Foda-se, acabou a entrevista.”

O CVM, como nem é bruto nem insensível e tem, (tem que ter), paciência para gajos como o Saramago, disse-lhe qualquer coisa como isto :

- Não há imortalidade - remoía o gajo.
- Entra o génio de CVM. Cita : “Camões falava daqueles que ‘por feitos valorosos se vão da lei da morte libertando’. “
- Mesmo assim - insiste o antigo-saneador-político-do-prec
- Nem por feitos valorosos ?
- Não - insiste o comunista-que-vive-num-paraíso-em-espanha-e-que-de-vez-em- quando-vem-cá-a-portugal-chatear
- Nem por bons romances ?
- Não - insiste o amigo-do-fidel.

Não sei se estão a ver bem a genialidade da coisa. Não lhe perguntou se Camões era imortal, mas citou-o. Quando se cita uma obra com 500 anos …

E depois quando lhe pergunta pelos bons romances, o CVM merecia uma medalha, pois esta é digna do Mourinho, perdão, de Deus, perdão, de herói. Ao perguntar-lhe pelo bons romances, estava obviamente a perguntar-lhe pelos romances dele. Uma espécie de armadilha, portanto. E Saramago, vaidoso, responde que não, não percebendo que CVM estava no fundo a dizer-lhe : “Está bem abelha. Ora explica lá, e os teus romances, também não são imortais ? O que não é imortal é a merda que sai da tua boca, directamente da merda da tua cabeça.” Mas, lá está. Admito que uma vez mais o Carlos Vaz Marques não tenha pensado assim.

Stand Up Comedy

8.11.05

You know, I’m in my thirties and I love playing video games. Love it. I’m not afraid to admit it. Every girl I’ve dated always says the something to me: “You’re too old to play video games. That’s stupid for somebody your age to be in the video games”.

The reason why I like to play video games so much is I can eventually figure it out a video game. I can eventually figure it out what to do right or what to do wrong in a video game. In a relationship I can’t. And until I can go online to find a cheat code to deal with women… until I can find a way when you came out and start to beaching at me, I can go : “Triangle, square, square, circle, I won…R2, R2

John Heffron

Mais um ...

7.11.05

... com Desatinos

É oficial

Os apoiantes de Cavaco Silva são fieis seguidores
e

Os fieis seguidores dos outros quatro são apoiantes.

(Publicado n’
O Eleito)

Manuel Alegre

Talvez o facto de eu não ser um apoiante do poeta turve o meu juízo, mas a entrevista de hoje na TVI foi talvez a pior entrevista que eu vi um político dar em campanha.

Entre outras, justificou a candidatura de Mário Soares ("ele é assim"); desautorizou a porta-voz; disse veementemente que quem decide são os eleitores acerca da sua votação numa sondagem para passados 10 segundos afiançar que Cavaco Silva não atinge os 56%; disse por várias vezes que não tem inimigos para depois citar Churchill na frase em que ele explica ao filho que os colegas de partido são inimigos; criticou os candidatos que só olham para os números para a seguir dizer “há muita gente que diz que o défice não é importante, mas é”; defendeu pactos de regime, e por entre as perguntas da entrevistadora atrapalhou-se tanto que o ouvi dizer esta preciosidade “eu não sou contra os pactos de regime”…

E no fim, para terminar em beleza e naquilo que parecia mais uma conversa de café, lembra Álvaro Cunhal a propósito do uso da palavra pátria.

Falta de prática ?

(Publicado n’O Eleito)

E o prémio para o primeiro a insinuar que os problemas em França têm como causa o Iraque, vai para :

VITOR RAMALHO
SIC Notícias
7.Novembro.2005

Post de Desporto

[1] Porque é que em Portugal a imprensa diz Desporto quando quer dizer Futebol ?
O exemplo mais óbvio é A BOLA-Jornal de Todos os Desportos, mas o mal é geral. Na TSF, outro exemplo, anunciam o Jornal de Desporto e só falam de futebol. Na SIC Notícias, a mesma coisa. Mesmo no Sapo.pt, o link Desporto vai parar ao Infodesporto que na página principal, 90% é sobre futebol.
Eu já sei que o futebol é rei, mas então digam : Jornal de Futebol, Infofutebol e A Bola-Jornal de Todo o Futebol.

[2] Boas notícias para o CO Adriaanse : A indemnização que vai receber acaba de aumentar.

[3] E que tal inventar uma lei que proíba o Maniche de falar em público ?
O campeonato está competitivo. E ainda bem. É bom para o campeonato. […] No fim nem sequer se vai saber quem ganha.”

[4] O fiscal de linha do Sporting-Leiria ou é grande ladrão ou é grande incompetente. No entanto, creio sinceramente e penso não estar sozinho, que é um problema de pura incompetência. E não é por a sua honestidade não estar em causa que não devia ser imediatamente afastado da arbitragem. Quem não sabe, encosta. Se é assim em todo o lado, porque é que no futebol tem que ser diferente. Porventura ele é obrigado a ser árbitro ?

[5] O José Veiga, como dirigente, tem que falar. Mas deve achar que a melhor forma para os benfiquistas o entenderem é “aterrar-aterrar” o discurso. Os árbitros maus devem ser suspensos ? Não, devem ir para a “jarra”.

[6] É oficial. Mourinho não é Deus. Apenas o imita de vez em quando.

[7] Naturalmente, Paulo Bento também gosta da palavra Naturalmente.

Stand Up Comedy

6.11.05

I thought I got a girl pregnant once. She call me up and she was like: “I think I’m pregnant”, and I was like: “… the number you have reached …”

Mitch Fatel

Fraude Eleitoral

Podemos não gostar, concordar, detestar, odiar ou desprezar Cavaco Silva, Mário Soares ou Manuel Alegre. Mas eles são verdadeiros candidatos presidenciais. Querem ser Presidentes e se perderem as eleições, perdem as eleições.

O Francisco Louça e o Jerónimo de Sousa não são candidatos presidenciais. São candidatos a tempos de antena, subsídios estatais, demarcações de terreno político, em resumo, estão em campo para defender a sua coutada eleitoral. Eles não têm apenas poucas hipóteses de ser eleitos. Eles não querem ser eleitos, porque não foi para isso que se candidataram. São uma fraude eleitoral e se é impossível rever a lei para impedir estes oportunistas, então os portugueses deviam punir estes comportamentos políticos nas urnas.

As eleições presidenciais são um momento nobre da vida pública e política que servem para o povo eleger o Presidente da República por cinco anos e não uma qualquer exposição menor de ideologias e partidos.


(Publicado n’O Eleito)

Centros Comerciais


Se há coisa que não falta aqui para estes lados do Porto são centros comerciais. De tamanho já considerável temos o Brasília, Cidade do Porto, Península, Via Catarina, Norteshopping, Maiashopping, Gaiashopping, Arrábida, Dolce Vita Porto, Stop, Central Shopping, Parque Nascente e claro, uma série de pequenas galerias com meia dúzia de lojas. E se digo que não falta é para ir ao encontro do comentário mais ouvido quando se fala de centros comerciais. É a famosa tirada : “São centros comerciais a mais”.

Nunca percebi este conceito de “a mais”. Porque do meu ponto de vista quantos mais houverem mais possibilidade temos de ter um mais perto de nós, mais salas de cinema temos disponíveis, melhor ambiente temos em cada um porque quantos mais houverem menos cheios estão, em resumo, quantos mais houverem maior é a oferta ao nosso dispor. Como é que isto pode ser negativo ?

Por causa do comércio tradicional ? Mas o que é que eu enquanto consumidor tenho a ver com isso ? E se o comércio tradicional está realmente preocupado, porque é que é gerido nos mesmos moldes de há vinte anos atrás, quando haviam apenas dois ou três centros comercias ? Porque é que, (sei lá, uma ideia louca), não está aberto à noite quando as pessoas andam a passear na rua ? Aqui há tempos fui ao Coliseu ver um concerto, e para fazer horas fui tomar café a Santa Catarina. O que se via na rua era muita gente a passear e a ver as montras das lojas…fechadas. Nos centros comerciais as pessoas passeiam e vêm as montras das lojas…abertas. É preciso fazer um desenho ?

Defender o comércio tradicional é daquelas coisas que fica muito bem nas conversas com os amigos. Faz-nos passar por pessoas não-materialistas e não-consumistas, porque como sabemos, o consumismo é uma coisa muito má, vinda da América do Bush, esse burro. É mais ou menos a mesma coisa que a moda. Já repararam que quase ninguém admite seguir a moda, mas quase toda a gente compra a roupa da moda ? E pior ainda, ainda afirmam orgulhosamente que não seguem a moda ? E os piores são grupos como os Rastas. Estes gajos gostam de se mostrar muito despreocupados com tudo o que são regras mas depois olhamos para eles e vestem-se todos de igual, tem um nojo de cabelo igual, votam todos no Bloco de Esquerda, e claro está, o Bush é burro.

Eu digo: Quantos mais centros comerciais melhor. Um centro comercial não é um antro do diabo consumista, porque esse diabo mora no interior de cada um. E ainda bem. Eu gosto de ser consumista, porque gosto de consumir. Aliás, TODAS as pessoas gostam de consumir. Se consumimos livros, sapatos, discos, gravatas, cortes de cabelo, filmes do Jackie Chan ou sapatilhas da Nike, isso é escolha de cada um. Mas não me venham é com a treta do consumismo. Os centros comerciais existem porque somos consumistas e não ao contrário. E se realmente forem muitos, o mercado encarrega-se de fechar os que estão a mais. Como de resto em qualquer negócio.

Poderes Presidenciais

4.11.05
[1] A teoria conspirativa da deriva presidencialista e messiânica contra Cavaco Silva já teve os seus custos. Soares quer ser um Ouvidor. Alegre, um Provedor.Mas eles são candidatos a quê, afinal ?

[2] Cavaco disse que vai estar atento à actuação do Governo. Quer isto dizer que vamos ter um travão às loucuras da OTA e do TGV em Belém ? Óptimo.

(Publicado n'O Eleito)

Parabéns

3.11.05

Há tantos burros mandando
Em homens de inteligência,
Que às vezes fico pensando
Que a burrice é uma ciência!

António Aleixo


Parabéns ao Jumento pelo segundo aniversário.
A prova que não precisamos de concordar para gostar.

Pequenas Irritações

2.11.05

Ter que fazer o "Word Verification" dos comentários.

Porque metade das vezes esqueço-me e a outra metade não percebo as putas das letras.

E já começo a ter pensamentos maus. Do tipo dar-me ao trabalho de preencher aquela merda vinte vezes só para meter lá publicidade. E não era uma publicidade qualquer. Se for um blog de um gajo, meter anúncios de “How To Enlarge Your Penis”, “Clik Here For Big Cock”, “Virtual Vaginas Just For You”. Se for de uma gaja : “Remove Nasty Hair In a Minute”, “Don’t Be a Big Fat Ass”, “Silicone Is The Answer”….

Google. O teu nome é vingança.

Sentido de Estado

Ontem, depois de acusar o protocolo de Estado, e com razão, de não ter sido recebido em audiência pelo Presidente de Moçambique, Alegre afirmou qualquer coisa como que a sua candidatura estaria a tratar de arranjar um encontro, pois ele e o presidente moçambicano são "velhos amigos".

Se não foi recebido oficialmente, Alegre não deveria ter aceite ou promovido qualquer encontro. Ao fazê-lo, diminuiu-se como candidato muito mais do que qualquer atitude do protocolo de Estado.

O que aliás não é novo. Já na apresentação da candidatura de Cavaco, cometeu o erro de aceitar ir para o cantinho da televisão como os candidatos dos partidos pequenos, e no fim reduzir-se a comentador.

Manifestamente, falta a Manuel Alegre algum sentido de Estado.

(Publicado n’O Eleito)

Candidato Desesperado

Ontem nas respostas ao jornalistas acerca do referendo ao aborto, Mário Soares depois de acusar Cavaco de falta de coragem na questão importantíssima do "político profissional", recusou, de forma pouco elegante, responder a um jornalista sobre o referendo ao aborto, acusando-o mesmo de estar a entrar na politiquice.

(Publicado n’O Eleito)

Stand Up Comedy


We love violence in this country. We have those violence tendencies. I’m not the only person. I know you’re like me. When you see someone walking down the street wearing a superman t-shirt, you just wanna shoot them in the chest.

Yeah. And when they start to bleed, you go: “I guess not”. Don’t wear the shirt. Wear a shirt that says – I Bleed If You Shoot Me In The Chest – and then I won’t shoot you in the chest, superbleeder.

Dane Cook

Lenny Bruce


Lenny Bruce

Lenny Bruce is dead but his ghost lives on and on
Never did get any Golden Globe award, never made it to Synanon.
He was an outlaw, that's for sure,
More of an outlaw than you ever were.
Lenny Bruce is gone but his spirit's livin' on and on.

Maybe he had some problems, maybe some things that he couldn't work out
But he sure was funny and he sure told the truth and he knew what he was talkin' about.

Never robbed any churches nor cut off any babies' heads,
He just took the folks in high places and he shined a light in their beds.
He's on some other shore, he didn't wanna live anymore.

Lenny Bruce is dead but he didn't commit any crime
He just had the insight to rip off the lid before its time.
I rode with him in a taxi once, only for a mile and a half,
Seemed like it took a couple of months.
Lenny Bruce moved on and like the ones that killed him, gone.

They said that he was sick 'cause he didn't play by the rules
He just showed the wise men of his day to be nothing more than fools.
They stamped him and they labelled him like they do with pants and shirts,
He fought a war on a battlefield where every victory hurts.
Lenny Bruce was bad, he was the brother that you never had.


Bob Dylan
Shot of Love - 1981

Reality Check

1.11.05


Pois é, Karloos.

Estás armado em matchmaker, mas depois eu quero ver o que é que vais dizer ao Afonsinho se a menina sair à tia.

(Publicado n'O Eleito)

Só para que conste

Finalmente encontro alguém que sabe agradecer.
O Telescópio já ultrapassou as quatro centenas de postas. Esta é a nº 401. Um grande bem haja a todos aqueles que tornaram isto possível, nomeadamente aos senhores da blogspot e a mim.

Estudos

Se os estudos sobre a OTA e o TGV fossem benéficos para o governo, há muito que estavam disponíveis. Por mim, dispenso-os para formar uma opinião. Sobre eles, sobre as obras e sobre o governo.

A Quadratura do Círculo Socialista

Se por estes dias, num momento de lucidez política, Mário Soares desistir a favor de Manuel Alegre e o PS obviamente tiver de ir atrás, como é que o poeta vai poder continuar a agitar a bandeira da independência, da liberdade, da candidatura do povo, supra partidária,etc ?

Objectivamente, a desistência de Mário Soares não favorece Manuel Alegre que se veria numa situação em que das duas uma : Ou rejeitava o apoio do PS, o que corresponderia a um suicídio político para ele e um assassinato político para o PS, ou aceitava e tinha que renegar toda a razão de ser da sua candidatura. A tal independência, liberdade, candidatura do povo, supra partidária,etc. Como costuma dizer o outro, não estou a ver como é que ele podia fazer a quadratura do círculo.

Poderia ele aceitar o apoio do PS, não o reconhecendo publicamente, deixando o PS numa situação de menoridade ? Ou, aceitando declaradamente o apoio do PS, não seriam os soaristas, descontentes e ressentidos, os primeiros a fazer ver a contradição ? E deixaria Cavaco Silva e principalmente a esquerda radical, de aproveitar a nova circunstância para captar os votos das franjas do PS, diminuindo ainda mais a votação que se projecta ? E, como é que o PS que não apoiou inicialmente Manuel Alegre, iria justificar agora o apoio sem ser numa base de segunda escolha ?

Por tudo isto, na minha opinião, para a esquerda democrática a melhor saída para o fratricídio que se avizinha seria a desistência de Manuel Alegre, por mais contraditório que seja com ele à frente de Mário Soares nas sondagens.

De resto, a teoria de que Primeiro-Ministro preferia ver Cavaco Silva na presidência cada vez faz mais sentido. A forma desastrosa, desconcertada e precipitada como o PS conduziu e está a conduzir as presidenciais não bate certo com o excelente político (não confundir com governante) que José Sócrates já se revelou.

(Publicado n’O Eleito)